Agenda Cultural

Festa de Santa Bárbara e reabertura dos largos do Pelô iniciam o verão da Bahia no próximo dia 4

Cultura, fé, ritmo e tradição se entrelaçam na próxima segunda-feira – 4 de dezembro – no Largo do Pelourinho, onde se comemora há mais de dois séculos a tradicional Festa de Santa Bárbara – cujo culto existe há cerca de 375 anos. A ocasião, que tem à frente a Irmandade de Nossa Senhora do Rosário […]

01 dezembro, 2017
Imprimir
Tamanho da letra

Cultura, fé, ritmo e tradição se entrelaçam na próxima segunda-feira – 4 de dezembro – no Largo do Pelourinho, onde se comemora há mais de dois séculos a tradicional Festa de Santa Bárbara – cujo culto existe há cerca de 375 anos. A ocasião, que tem à frente a Irmandade de Nossa Senhora do Rosário dos Homens Pretos, abre o calendário de festas populares da Bahia. Também dá o pontapé inicial para o verão baiano, que desta vez será ainda mais marcante com a reabertura dos largos do Pelô: Pedro Archanjo, Quincas Berro d’Água e Tereza Batista. A programação artística, que terá o seu compasso ritmado pelo samba, com atrações como Mariene de Castro e Viola de Doze, é realizada pelo Governo do Estado por meio do Instituto do Patrimônio Artístico e Cultural (IPAC) e Centro de Culturas Populares e Identitárias (CCPI) da Secretaria de Cultura da Bahia (SecultBA). Apoio institucional do Corpo de Bombeiros Militar da Bahia (CBMBA).

Por agregar valores culturais singulares, dar destaque às celebrações da fé católica e das religiões de matriz africana, a Festa é registrada como Patrimônio Imaterial da Bahia em 2008, através do Decreto nº 11.353/08. Em dezembro de 2015, quando a Festa contava com mais de cinco anos de sua patrimonialização, técnicos do IPAC iniciaram o estudo de reavaliação para a revalidação do Registro Especial da festa, conforme exigido por lei. A investigação, concluída em 2017, mostrou que a Festa de Santa Bárbara no Pelourinho permanece com as características que mantêm viva a tradição e devoção à Santa. São manifestações de fé, paz, alegria, união, tolerância. Elementos significativos que fazem deste um grande evento popular.

Ao raiar do dia, vários devotos já começam a sua concentração de fé e gratidão à Santa Bárbara, acompanhando a Alvorada de Fogos. A Missa Campal, celebrada pela Igreja da Irmandade de Nossa Senhora do Rosário dos Homens Pretos, com a participação da Banda de Música do Corpo de Bombeiros Miltar da Bahia, tem início previsto às 8h. Marcada por clarins, hinos, louvores, atabaques e agogôs, a celebração religiosa reúne mais de 10 mil pessoas, entre católicos, candomblecistas e de diversas outras crenças.

Padroeira dos Bombeiros da Bahia, após a Missa Campal acontecerá a tradicional procissão que, seguindo pelo Terreiro de Jesus, Praça da Sé, Rua da Misericórdia descendo pela Ladeira da Praça, levará Santa Bárbara até o quartel do Corpo de Bombeiros localizado na Barroquinha, onde será reverenciada pela comunidade e pelos Bombeiros Militares, com toques das sirenes das viaturas e do quartel. Uma viatura Bronto Sky Lift será utilizada para lançar água benta sobre os devotos. O Corpo de Bombeiros Militar da Bahia também oferece o já tradicional caruru para a população e convidados nas dependências da unidade. O cortejo prossegue pela Baixa dos Sapateiros, onde fica o Mercado de Santa Bárbara, finalizando de volta à Igreja do Rosário dos Pretos, no Pelourinho.

Este ano, o caruru tipicamente servido no Mercado de Santa Bárbara será oferecido no dia anterior à festa, no domingo, 03 de dezembro. Com início às 17h, antes da degustação o evento, que tem apoio da SecultBA, reúne a comunidade para uma missa.

Samba em vermelho e branco – O samba, ritmo que estampa a cultura e conta a história do Brasil, é que dá o tom da programação artística que ocupa a festa a partir da tarde, quando finalizados os atos religiosos. O palco principal da Festa, no Largo do Pelourinho, abre a grade shows às 14h, com a apresentação de Jorginho Commancheiro, cantor e carnavalesco, além de filho devoto de Santa Bárbara.  O grupo Partido Popular continua os festejos, subindo ao palco às 15h30.

A cantora e atriz Mariene de Castro abre a noite de homenagens à Santa Bárbara apresentando o show “Toda Casa tem seu Santo”, às 18h. O evento encerra com a banda Viola de Doze, que apresenta um repertório diversificado a partir do samba, às 20h30.

 

Festa marca reabertura dos largos do Pelô – Com a benção de Santa Bárbara, os largos do Pelourinho – Pedro Archanjo, Tereza Batista e Quincas Berro d’Água – serão devolvidos à população após quatro meses de trabalho de requalificação e modernização. Com a reforma, eles passarão a atender as determinações de segurança do Corpo de Bombeiros, além de trazer melhorias como a pintura dos casarões, novos palcos e pisos, e também na parte elétrica. Todos os shows da reabertura serão gratuitos.

Assim como no palco principal da Festa de Santa Bárbara, a programação de reabertura dos largos terá bastante samba no repertório. O Largo Pedro Archanjo, agora com aspecto mais amplo e o palco reposicionado para melhorar a experiência do público dos shows, será batizado pelo grupo Catadinho do Samba, às 15h. Em seguida, às 17h30, tem todo o swing e performances envolventes da galera do Amizade Partidária.

Com muito alto astral e versatilidade, os amigos do Grupo Nó na Madeira se comprometem em abrir com estilo os trabalhos no Largo Tereza Batista, a partir das 15h. Por lá, onde o palco foi restaurado e ganhou um novo layout, ainda se apresenta o Grupo Aro 7, às 17h30.

No Largo Quincas Berro d’Água, muitas vezes lembrado como uma casa para os sambistas, a reinauguração será feita já em clima de carnaval. Os blocos Fogueirão e Jaké vão se unir para o “Vou com Fé… Samba de Oyá”, primeiro ensaio para a folia de 2018. A programação acontece das 15h às 20h.

 

“Festa de Santa Barbara”

 

Largo do Pelourinho

8h-12h – Santa Barbara – Missa Campal

14h-15h – Jorginho Commancheiro

15:30h-17h30 – Partido Popular

18h-20h – Mariene de Castro

20h30-22h – Viola de Doze

 

Todas as apresentações gratuitas

 

Largo Pedro Archanjo

15h-17h – Catadinho do Samba

17h30-19h30 – Amizade Partidária

Todas as apresentações gratuitas

 

Largo Tereza Batista

15h-17h – Grupo Nó na Madeira

17h30-19h30 – Grupo Aro 7

Todas as apresentações gratuitas

Largo Quincas Berro D’Água

15h-20h – Vou com Fé… Samba de Oyá –  Ensaio dos Blocos Fogueirão e Jaké

Gratuito

Compartilhe

Relacionados