Esportes

Atleta mantém treino com foco na Maratona Cidade de Salvador

Com oito títulos conquistados em maratonas ao longo de 15 anos de carreira, o atleta de elite Márcio Barreto Silva tem um novo desafio pela frente: a autosuperação na prova de 42km da Maratona Cidade de Salvador, que ocorre no próximo domingo (22), com largada e chegada no Farol da Barra. O evento é promovido […]

17 outubro, 2017
Imprimir
Tamanho da letra
Com oito títulos conquistados em maratonas ao longo de 15 anos de carreira, o atleta de elite Márcio Barreto Silva tem um novo desafio pela frente: a autosuperação na prova de 42km da Maratona Cidade de Salvador, que ocorre no próximo domingo (22), com largada e chegada no Farol da Barra. O evento é promovido pela Prefeitura, através da Empresa Salvador Turismo (Saltur) e das secretarias de Cultura e Turismo (Secult) e Esporte e Lazer (Semtel).
Entre os títulos acumulados pelo atleta estão o de campeão em 2014 e vice-campeão em 2015, pela Maratona Caixa da Bahia. Para garantir a Maratona Cidade do Salvador, Silva se dirige ao campo de futebol da Universidade Federal da Bahia (UFBa), em Ondina, duas vezes por semana, às terças e quintas, sempre das 5h30 às 7h da manhã. No local, realiza exercícios preparatórios para disputar a competição. Graduado em Educação Física, ele ainda se dedica a treinar mais duas atletas que também vão participar da maratona, de forma amadora.
O profissional explicou que a rotina para a disputa da corrida inclui uma série de itens, que envolve cuidados com a alimentação e hidratação – monitorados de forma constante e preparada por um nutricionista, que leva em consideração as características biológicas do atleta. Fisioterapia preventiva para evitar lesões, assim como acompanhamento de educador físico para adequar a rotina de treino que será executada pelo maratonista, também estão inclusas na preparação.
“Além de tudo, o que entra como aspecto fundamental na preparação de um atleta é o sono. O profissional precisa treinar e descansar, embora o atleta brasileiro não tenha esse privilégio, ainda mais no Nordeste, onde o maratonista treina e precisa buscar no turno oposto uma fonte de renda”, justificou Silva, relatando as dificuldades encontradas pelos atletas de elite que não possuem patrocínio.
Para os admiradores do esporte que vão disputar como amador a Maratona Cidade de Salvador no próximo fim de semana, a recomendação é ir com espírito leve e com o intuito de se divertir ao longo do percurso. “Tenha em mente que durante o treinamento o objetivo é manter a saúde e ter bem estar, isso relacionado a construir amigos, oportunidade que o mundo do esporte pode proporcionar. Vejo alguns atletas que ficam tentando se superar e isso não pode ser de forma excessiva. Curta a corrida como aliado da saúde, não como forma de tentar ganhar competições. Correr é ter qualidade de vida e você já ganha com isso”, recomendou Márcio Silva.
Competição – Esta é a primeira vez que Salvador promove uma maratona. A iniciativa visa fortalecer o calendário de eventos da cidade, na tentativa de inserir a capital baiana no ciclo nacional deste tipo de competição. Os corredores terão à disposição cinco categorias – 5km, 10km, 21km, 40km e 42km – sendo que a modalidade de 40km será com revezamento. As inscrições para participar das provas esgotaram o limite máximo disponível pela organização do evento no último dia 2. Outras 500 vagas foram abertas a pedido de atletas pelas redes sociais e este novo lote acabou em pouco mais de 2h.

 

Compartilhe

Relacionados