Energia limpa

Brasil atinge 150 MW de potência instalada em sistemas de energia solar

Brasil atinge 150 MW de potência instalada em sistemas de energia solar

08 janeiro, 2018
Imprimir
Tamanho da letra

No Brasil hoje, a energia solar fotovoltaica representa 75,5% do total da potência instalada da microgeração e minigeração distribuída, alcançando a marca histórica de 150 MW. Segundo mapeamento da Associação Brasileira de Energia Solar Fotovoltaica (ABSOLAR), a fonte solar fotovoltaica, baseada na conversão direta da radiação solar em energia elétrica de forma renovável, limpa e sustentável, lidera com folga o segmento de microgeração e minigeração distribuída, com 99% das instalações do País.

De acordo com a entidade, o Brasil possui atualmente 18.214 sistemas solares fotovoltaicos conectados à rede, trazendo economia e engajamento ambiental a 20.518 unidades consumidoras, somando mais de R$ 1,33 bilhões em investimentos acumulados desde 2012, distribuídos ao redor de todas as regiões do País.

Uma das empresas que vem contribuindo na ampliação desses números é a Enerray do Brasil. Uma empresa especializada em energia fotovoltaica, subsidiária da SECI Energia da Itália (Gruppo Industriale Maccaferri), que detém a liderança na montagem de empreendimentos fotovoltaico, é responsável por duas obras no interior da Bahia com usinas que gerarão 254 MWp e 103 MWp e uma produção anual está estimada em 700 GWh.

Segundo o diretor geral da Enerray, Thomas Kraus, atualmente, consumidores residenciais lideram o uso da energia solar fotovoltaica, representando 42% da potência instalada no País, seguidos por empresas dos setores de comércio e serviços (39%), indústrias (9%), sistemas localizados na zona rural (5%), edificações e serviços do poder público (5%), como escolas, hospitais, tribunais e iluminação pública.

“A fonte solar fotovoltaica no Brasil, com a certeza de que terá um forte crescimento do setor nos próximos anos. Há um interesse cada vez maior da população, das empresas e também de gestores públicos em gerar energia renovável localmente”, comenta Kraus.

A Enerray do Brasil foi responsável por uma obra de 550 hectares, que compreende um sistema fotovoltaico de geração centralizada de energia, construída no estado da Bahia, no Nordeste do Brasil. A energia que será produzida, equivale às necessidades anuais de consumo de mais de 268 mil domicílios brasileiros, evitando a emissão de mais de 180 mil toneladas de CO2 por ano. As obras já realizadas pela Enerray são responsáveis por retirar da atmosfera 524.332,23 toneladas de CO2.

Ainda segundo o Diretor da Enerray do Brasil, Thomas Kraus, o Brasil é um mercado com perspectivas de crescimento muito significativas a médio e longo prazo e a Enerray pretende se estabelecer como uma importante empresa no setor de energia renovável. A Enerray disponibiliza maiores informações sobre os sistemas de geração de energia em seu site www.enerray.com.br ou pelo e-mail info@enerray.com.br

Compartilhe

Relacionados